sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

Por que "treinando neurônios"?

 
 
A leitura é muito mais que um passatempo agradável ou uma janela para a sabedoria, ela é uma espécie de “musculação” para o cérebro.  Seus neurônios fazem mais conexões, sua memória é estimulada, seu vocabulário se amplia e você desenvolve sua inteligência, mantendo o cérebro ativo e prevenindo doenças neurodegenerativas, como o Mal de Alzheimer. 
 
Os cientistas descobriram que as áreas cerebrais ativadas pela leitura não se restringem à região da linguagem. A explicação é que a escrita é uma atividade relativamente recente, então não existe uma área do cérebro especializada em leitura. O cérebro ativa diversas áreas ao mesmo tempo para interpretar o que lê. Isso significa uma intensa musculação para o seu cérebro. 
Uma boa notícia é que esse mesmo estudo descobriu que não importava se a pessoa tinha sido alfabetizada na infância ou na idade adulta, a atividade cerebral causada pela leitura era a mesma. Portanto, não importa o quanto você estudou ou há quanto tempo não lê. Essa habilidade está aí dentro da sua cabeça, pronta para ampliar sua capacidade mental. 
No entanto, há uma estranha campanha oculta para nos convencer de que ler é chato, de que é atividade para poucos iluminados e que o melhor para a maioria é permanecer na zona de conforto das coisinhas que se mexem quando apertamos o "play". Por isso assumi o desafio de ser personal trainer dos seus neurônios. Eles já estão aí, com roupinha de ginástica, prontos para a ação. Deixe de lado a preguiça e comece o levantamento de letrinhas. Você não vai se arrepender.
 
 
 
 
PS: Meu blog fica, originalmente no endereço vanessalampert.com. Porém, está temporariamente fora do ar por problemas com o servidor (migração malsucedida. Obrigada, Locaweb). Por isso, estou transferindo os trabalhos para cá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário